20/03/2020 06:20

COVID-19: Departamento de Esportes de Caarapó suspende eventos no município

O Departamento de Esportes e Lazer da prefeitura de Caarapó, vinculado à Secretaria Municipal de Educação, Esporte e Cultura, anunciou nesta quinta-feira (19) a suspensão de eventos esportivos organizados pelo órgão. A suspensão é por tempo indeterminado.

Reunião com os professores do projeto de Escolinha de Esportes e os responsáveis dos espaços públicos esportivos do município debateu as medias de combate ao coronavírus. (Foto: Assessoria)

De acordo com o órgão, o motivo é a pandemia provocada pelo coronavírus, responsável pela doença denominada Covid-19, considerando, ainda, o Decreto Municipal nº 26/2020, do Poder Executivo municipal de Caarapó, que dispõe sobre as medidas de prevenção ao contágio da população.

Pela decisão do Departamento de Esportes e Lazer, com base no ato do Poder Executivo, estão suspensos, por tempo indeterminado, o início do Campeonato Intervilas e demais eventos do Calendário Esportivo de Caarapó. Além disso, estão suspensas as atividades esportivas   realizadas nos espaços públicos, a exemplo do ginásio de esportes, quadras poliesportivas, campos de futebol e congêneres, que estão sob a responsabilidade do órgão municipal, e também as aulas das Escolinhas de Esportes em todas as suas modalidades, amistosos e competições que envolvam atletas locais, dentro e fora do município.

“Assim que a situação voltar à normalidade, a equipe deste departamento fará as adequações do calendário, com os eventos e atividades a serem desenvolvidas ao longo do ano de 2020, informando a população sobre o reinício das atividades”, disse o chefe do Departamento de Esportes e Lazer da prefeitura de Caarapó, Paulo Roberto de Souza, acrescentando que “é de suma importância que os responsáveis orientem bem, em especial as crianças e os adolescentes, que não são férias, mas apenas uma paralisação temporária”.

O gestor esportivo ressalta que “precisamos ficar em casa, para evitar o contágio com o vírus e seguir rigorosamente as orientações dos órgãos de saúde”.

Fonte: Dilermano Alves/Assessoria Prefeitura