02/12/2019 18:11

Atleta de Amambai é “ouro” para o Brasil no Sul-Americano de Atletismo

Defendendo a Seleção Brasileira, Yuri Moreira foi “medalha de ouro” na prova do lançamento do dardo em Asunción.

Vilson Nascimento

O atleta de Amambai, Yuri Moreira Benites, 14 anos, conquistou nessa segunda-feira, 2 de dezembro, em Asunción, capital do Paraguai, a “medalha de ouro” no Sul-Americano de Atletismo, na prova do lançamento do dardo.

O atleta amambaiense Yuri Meira. Ele levou o Brasil ao 1º lugar no pódio, no Sul-Americano de Atletismo, nessa segunda-feira, na capital paraguaia. (Foto: Divulgação)

Yuri, que é indígena e aluno do 8º ano B da Escola Guarani Kaiowá Municipal, da aldeia Amambai, havia sido convocado pela CBDE (Confederação Brasileira de Desposto Escolar), para representar o Brasil no 15º Campeonato Sul-Americano, no Paraguai, após vencer e levar Amambai e o Mato Grosso do Sul ao pódio em diversas competições nacionais, conquistando assim, o índice exigido para disputar a competição internacional.

Em setembro deste ano, mesmo tendo só 14 anos, Yuri conquistou,  em Fortaleza, no Ceará, a medalha de prata (2ª colocação) na prova do lançamento do dardo do Campeonato Brasileiro/Caixa de Atletismo Sub-16 anos.

No mês passado (novembro), Yuri Moreira Benites também havia conquistado o bicampeonato brasileiro do lançamento do dardo (categoria 12 a 14 anos), dos Jogos Escolares da Juventude, Fase Nacional, que aconteceram em Blumenau, estado de Santa Catarina.

O atleta Yuri Moreira integra a equipe de atletismo desenvolvida através da APP (Associação dos Pais e Professores) da Escola Guarani Kaiowá, entidade esta que é filiada a FAMS (Federação de Atletismo de Mato Grosso do Sul).

A equipe tem como técnico o professor de educação física indígena Miller Samorio que, com apoio da diretora da Escola Guarani Municipal, professora Dayane Aquino Cáceres, da Sedesc (Secretaria de Desporto e Cultura) da prefeitura local e da Secretaria Municipal de Educação, em Amambai, desenvolve um trabalho de base que tem revelado, dentro da comunidade indígena, diversos talentos para o esporte amambaiense.

Fonte: A Gazetanews