19/10/2021 16:11

Caarapó é palco da abertura da 11ª edição do Fetran-MS

Is allowance instantly strangers applauded
Autoridades com atores da peça ‘Famílias’, encenada em Caarapó

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) e a Prefeitura de Caarapó promoveram, na última segunda-feira (18), a abertura da 11ª edição do Festival Estudantil Temático de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Fetran-MS). O evento foi realizado na sede do Sindicato Municipal dos Trabalhadores em Educação (Simted) e teve a presença de autoridades do Poder Executivo municipal, PRF e convidados.

O Fetran é um projeto de educação para o trânsito, que é concebida pela instituição como um dos pilares da segurança no trânsito, recebendo sua atenção plena. Nasceu em Cuiabá-MT, no ano de 2004, e em 2010 foi implantado em Mato Grosso do Sul. Através dele, a PRF busca, por meio das artes cênicas, a formação de cidadãos éticos capazes de refletir sobre o contexto em que vivem e de atuar como agentes transformadores para construção de um trânsito mais seguro.

Conforme a instituição, a escola é o espaço mais rico e privilegiado para se desenvolver esta ação. É no ambiente escolar que, além dos conteúdos historicamente construídos pela humanidade, também se trabalham valores e princípios morais na busca da formação de cidadãos conscientes, críticos e participativos em prol de uma sociedade mais justa e democrática. Ao longo dos anos, em diversos lugares, a parceria entre a PRF e as escolas apresenta-se de forma efetiva na atuação e realização com sucesso da educação para o trânsito.

Em Caarapó, foi encenada a peça ‘Famílias’, dirigida pelo professor Michel Gil Coronel, com participação de atores estudantes da Escola Municipal Cândido Lemes dos Santos, com enfoque na temática proposta – a educação para o trânsito. 

Originalmente, o Fetran Teatro é dividido em duas etapas: Seletivas Regionais - etapa em que todas as peças inscritas se apresentam em municípios sede. Etapa Final - após o término das Seletivas Regionais, os espetáculos escolhidos pela Comissão Julgadora participam da Final, em Campo Grande.

Neste ano, entretanto, o formato foi alterado em decorrência da pandemia causada pela Covid-19. As peças serão apresentadas uma única vez e os jurados escolherão as três primeiras colocadas de cada categoria, bem como o melhor ator e atriz, o melhor texto e a melhor arte visual. Todos os professores participantes e um colaborador de cada peça irão para Campo Grande para participar da cerimônia de premiação em dezembro.

Neste ano, foram 35 espetáculos teatrais inscritos de 27 escolas e 18 municípios. Concorrem 11 peças na categoria infantil, 17 na infanto-juvenil e sete na juvenil.

A fase de Caarapó foi realizada com apoio do Departamento de Trânsito do Mato Grosso do Sul (Detran), da Fundação de Cultura de MS, da Secretaria de Educação de MS e da Prefeitura Municipal de Caarapó. O evento teve a participação dos secretários municipais Roberto Sanches Nakayama (Planejamento, Projetos, Habitação e Controle Urbano), que representou o prefeito André Nezzi; Ieda Maria Marran (Educação, Esporte e Cultura); agente PRF Gleison Denis de Araújo, que representou o superintendente da PRF em MS, Luiz Alexandre Gomes da Silva; inspetor PRF Fábio Sodré, chefe do Grupi de Educação para o Trânsito (Getran-PRF); diretor do Detran em Caarapó, Fábio Batista Rodrigues; diretores da Escola Cândido Lemes dos Santos, Antônio Carlos Cáceres (titular) e Andreia Matos (adjunta); e os integrantes do corpo de jurados Marcelo Atahualpa, ator, diretor, dramaturgo, produtor, poeta e professor de teatro (Macaé-RJ), agente PRF Jeanine Maria Duarte Badra (Santana do Livramento-RS) e agente PRF Itiel Alexandre Rodrigues Alves (Campina Grande-PB).  

 

Fonte: Dilermano Alves- Bacharel em Comunicação Social/Jornalista - DRT 625/MS Especialista em Comunicaçã