08/10/2021 12:02

Vale Universidade “abriu a porta” para Bárbarah ser efetivada em seu último local de estágio, a Fundect

Is allowance instantly strangers applauded

Oportunidade para ingressar no mercado de trabalho, o Programa Vale Universidade (PVU) segue impulsionando a vida profissional de acadêmicos em Mato Grosso do Sul. É o caso da estudante de ciências econômicas, Bárbarah Thais Benites Alexandre, 24 anos, que no seu último ano de faculdade já foi contratada onde estagiou.

Sem condições de pagar uma faculdade particular, Bárbarah ingressou na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), em 2018, mesmo ano em que se inscreveu no PVU. Ela foi selecionada e, logo no primeiro semestre do curso, começou a estagiar.

O primeiro local de estágio pelo Vale Universidade foi a Fundação do Trabalho de Mato Grosso do Sul - Funtrab, no setor de contabilidade. Em 2019, Bárbarah foi designada para a Procuradoria Geral do Estado (PGE), onde adquiriu experiência no setor de cálculo. No mesmo ano, a jovem foi para a Fundação de Apoio ao Desenvolvimento do Ensino, Ciência e Tecnologia de MS (Fundect) para trabalhar na prestação de contas. 

Neste mês, Bárbarah foi efetivada na Fundect o que a deixou feliz e surpresa “por ser reconhecida”. “Eu avalio todas as experiências como muito preciosas, elas me ajudaram muito, as pessoas que me supervisionaram, meus colegas de trabalho sempre me ensinaram muito sobre trabalho em equipe, convivência, e mercado de trabalho. Muita coisa que a gente precisa aprender como estagiário, são importantes para a gente levar para a vida”, disse.

Durante seu estágio na Fundect, Bárbarah foi supervisionada pela servidora pública Annia Amélia Barbosa, que também já passou pelo Vale Universidade e viu sua vida profissional decolar com a oportunidade. “Se não fosse o Vale Universidade, eu não conseguiria ter meu nível superior”, disse Annia, formada em biomedicina.

O programa

Com mais de 19 mil acadêmicos já habilitados desde a sua criação, o Vale Universidade proporciona condições para jovens de baixa renda ingressarem no ensino superior. “O Vale Universidade tem sido uma grande oportunidade para os nossos estudantes e também tem se revelado um grande descobridor de talentos promissores. São vários os fatores que levam ao progresso profissional, todos têm seu mérito, mas tenho certeza de que nosso programa de estágio e acompanhamento fazem a diferença na vida dos acadêmicos que passam pelo programa. Seja na Capital, ou no interior do Estado, vamos continuar trabalhando para que sonhos como esse se concretizem cada vez mais”, destacou a titular da Secretaria de Direitos Humanos, Assistência Social e Trabalho (Sedhast), Elisa Cleia Nobre.

No Vale Universidade, o Governo do Estado paga até 70% do valor da mensalidade na universidade conveniada, e a instituição oferece dedução de mais 20%, totalizando 90% de incentivo, cabendo ao acadêmico os 10% restantes. Além do benefício social, os acadêmicos passam pelo estágio, sempre realizado em instituições parceiras envolvidas com a área de estudo do acadêmico.

A coordenadora do Vale Universidade, Karla Sandim, destaca que o programa foi criado com a finalidade de proporcionar auxílio financeiro aos acadêmicos de baixa renda, que não possuem condições de arcar com as despesas da sua formação superior. "Por intermédio do estágio nós temos aprimoramento profissional e com repasse financeiro o apoio material necessário para que possam concluir a almejada formação. Vemos que o Programa Vale Universidade desde a sua criação vem alcançando não só o seu objetivo e finalidade regimental mas também proporcionou o fomento econômico com a inclusão desses jovens no mercado de trabalho, são inúmeros relatos e testemunhos que desde de 2015, quando ingressei a equipe técnica do programa temos recebido. Além da realização pessoal e profissional de cada um deles, que é a igualdade na condição de poder disputar uma vaga, levando o progresso não só para o acadêmico e sua própria família, mas também para economia do nosso Estado", disse.

 

Fonte: Joilson Francelino, Subcom Foto: Saul Schramm