02/06/2021 10:58

Prefeitura e Secretaria de Educação de Amambai investem em reformas das estruturas educacionais

Is allowance instantly strangers applauded
As reformas ainda estão sendo realizadas para melhor atendimento ao público.

A Prefeitura de Amambai, através da Secretaria Municipal de Educação (SEMED), está realizando fortes investimentos estruturais em reformas e adequações nas unidades educacionais tanto da área urbana, quanto da área rural do município.

Uma delas é a Escola Municipal Flávio Derzi, localizada na vila Limeira, que recebeu reforma parcial, troca de azulejos, pintura, controle de infiltrações, piso tátil, construção de bancos externos e de uma área para leitura, bate-papo e reflexões que receberá o nome da professora que atuou na unidade e faleceu no ano passado, Sílvia Balbo. A obra custou R$ 113.378,30 e contou com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e do Imposto Municipal e Territorial Urbano (IPTU).

Clique AQUI para ver mais fotos

O Centro de Educação Infantil Pequeno Aprendiz, localizado na vila Alcindo Franco Machado, passou por reconstrução de telhado, impermeabilização, controle de rachaduras, construção de novas estruturas de drenagem e captação de águas pluviais, reforma de banheiros, área de descanso, gradil de separação, diversos aterros, reforma de calçadas, iluminação e pintura no valor de R$ 294.201,95 com fundos da Secretaria Estadual de Educação (SED), através do Governo do Estado e de contrapartida da Prefeitura Municipal por meio do IPTU.

Já na área indígena, aconteceu a readequação da extensão na aldeia Amambai da Escola Municipal Ypiendy: Katupiry, localizada aos fundos do Frigorífico. A unidade recebeu reconstrução total, muro, adequação hidráulica, elétrica e a inclusão de bebedouros. A obra custou R$ 113.378.30, com recursos do FNDE e IPTU (Salário Educação).

Em todas as outras unidades de educação, a Prefeitura e a Secretaria construíram balcões de atendimento para a redução do contato com o público, adequando as escolas de acordo com as novas normativas e medidas de biossegurança. Estas reformas ainda não foram finalizadas e contabilizadas pelo município.

 

Fonte: DECOM/Prefeitura de Amambai