27/04/2021 10:05

UEMS abre seleção para professores temporários da área de saúde

Is allowance instantly strangers applauded

A Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) abriu inscrições para a Seleção de Docentes, destinada à contratação, para atribuição de aulas temporárias, para o curso de Medicina, oferecido pela Unidade Universitária de Campo Grande. O prazo vai até o dia 10 de maio de 2021 e o edital detalhado pode ser consultado aqui

A(s) vaga(s) são para Farmacêutico (Graduação em Farmácia; Pós Graduação Stricto sensu em Ciências da Saúde ou Ciências Biológicas ou Educação), Biomedicina (Graduação em Biomedicina; Pós Graduação Stricto sensu em Ciências da Saúde ou Ciências Biológicas ou Educação),  Fisioterapia (Graduação em Fisioterapia; Pós Graduação Stricto sensu em Ciências da Saúde ou Ciências Biológicas), Enfermagem (Graduação em Enfermagem; Registro no Conselho Regional de Enfermagem (COREN); Pós Graduação Stricto sensu em Ciências da Saúde ou Ciências Biológicas ou Educação), Odontologia (Graduação em Odontologia; Pós Graduação Stricto sensu em Ciências da Saúde ou Ciências Biológicas ou Educação).

A Seleção constará das seguintes provas: prova didática e prova de títulos. O professor contratado ficará sujeito a um dos seguintes regimes de trabalho:

  • 20 (vinte) horas semanais, com obrigação de ministrar, no mínimo, 10 (dez) horas semanais em sala de aula; ou
  • 40 (quarenta) horas semanais, com obrigação de ministrar, no mínimo, 20 (vinte) horas semanais em sala de aula.

Conforme o edital, o professor contratado ficará sujeito ao Regime Geral da Previdência Social, na forma da Lei nº 8.647/93.

A remuneração dos docentes selecionados será atribuída a titulação apresentada, e pode chegar a R$ 8.698,87 para Doutores. O processo seletivo será válido para o ano letivo de 2021, podendo, no interesse da UEMS, ser prorrogado por mais um ano.

Mais informações sobre a Seleção de Docentes podem ser obtidas pelos e-mails [email protected]  ou [email protected].

Comunicação UEMS

Foto: Chico Ribeiro

 

Fonte: Assessoria Governo do MS