16/11/2020 15:31

IFMS realiza série de eventos virtuais até dezembro

Cinco propostas foram selecionadas em edital de fomento para realização de eventos virtuais. Todos são gratuitos e abertos ao público

Is allowance instantly strangers applauded

Até dezembro deste ano, o Instituto Federal de Mato Grosso do Sul (IFMS) irá realizar uma série de eventos virtuais sobre diferentes temáticas. Todos são gratuitos e abertos a qualquer pessoa interessada.

Cinco propostas foram selecionadas no edital de apoio à realização de eventos de extensão online. Juntos, receberão fomento institucional de R$ 24,6 mil.

Saiba que eventos são esses e como participar: 

"I Jornada Estadual de Educação Física Escolar do IFMS" começou no último dia 5 e segue até 26 de novembro, sempre às quintas-feiras, com o objetivo de conhecer e analisar os sentidos e significados da Educação Física da escola.

Com o tema "Educação Física na Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio: sentidos (para quê?) e significados (o quê?)", o evento organizado pelo Campus Naviraí tem como público-alvo professores e pesquisadores da área. Algumas atividades são voltadas especificamente a servidores do IFMS.

Na sexta-feira, 19 de novembro, das 13h às 15h, tem a roda de conversa "Construção das Diretrizes Curriculares da Educação Física do IFMS". Das 15h às 17h será realizada a mesa-redonda "Orçamento e gestão da Educação Física: demandas materiais, físicas, organizacionais e orçamento".

A mesa-redonda "Educação Física na Educação Profissional integrada ao Ensino Médio: sentidos (para quê?) e significados (o quê?)" será realizada no dia 26 de novembro, das 13h às 15h. Entre 15h e 17h, haverá uma plenária para a redação e aprovação de documento final do evento, com metas, estratégias e responsáveis.

A coordenadora do evento, professora Catia da Costa, explica que a jornada consolida um espaço adequado para discutir e promover avanços reais e significativos na organização curricular das práticas corporais no IFMS.

"Espera-se que a realização desta I Jornada promova uma reflexão crítica a respeito dos sentidos e significados da Educação Física, de modo a contribuir na (des)construção das práticas docentes e na atuação da gestão nas tomadas de decisão que envolvem a área", destaca.

As inscrições para o evento devem ser feitas em formulário online.

“VI Encontro Anual dos Napnes”, evento organizado pelo Núcleo de Atendimento às Pessoas com Necessidades Específicas (Napne) do Campus Corumbá, teve início no último dia 6 e segue até 24 de novembro.

Na quarta-feira, 18 de novembro, às 14 horas, será oferecida a palestra "Ter intérprete de Libras significa ser acessível?".

O evento será encerrado no dia 24 de novembro, às 14 horas, com a mesa-redonda "Desafios e possibilidades de atuação e intervenção do Napne". 

O encontro é aberto ao público, com atividades no canal do Napne do Campus Corumbá. Para obter o certificado de participação é preciso se inscrever antecipadamente na página do evento.

A coordenadora do Napne em Corumbá, Flávia Pedrosa de Camargo, explica como foi elaborada a programação.

"Neste ano, trouxemos a prática cotidiana para a programação do evento, fornecendo discussões que contemplem aspectos do dia a dia no trabalho com a educação de pessoas com necessidades específicas", explica Flávia.

Mais informações sobre o evento podem ser obtidas pelo e-mail [email protected].

A partir desta segunda-feira, 16, o Campus Três Lagoas realiza a "X Semana da Consciência Negra". O evento, que nesta edição traz o tema  "Vidas negras importam - a urgência do combate à necropolítica", segue até sábado, 21, com uma série de atividades virtuais no Youtube.

A programação completa está disponível na página da Semana, e inclui palestras, oficinas e rodas de conversa, além da 5ª edição do Concurso de Beleza Negra do IFMS e do 3º Encontro dos Neabis, Núcleos de Estudos Afro-Brasileiros e Indígenas (Neabi) dos campi. 

Todas as atividades são gratuitas, abertas ao público e não necessitam de inscrição prévia.

O coordenador do evento, professor Guilherme Tommaselli, ressalta a importância do debate nesta 10ª edição da Semana da Consciência Negra.

"Nos últimos meses, a pauta racial ganhou contexto mundial, expondo a necessidade do debate sobre a preservação das vidas negras, que, por muitas vezes, são desrespeitadas e violadas por agentes do próprio Estado".

O "II Workshop Migração e Refugiados: uma discussão necessária" será realizado pelo Campus Corumbá entre os dias 8 e 10 de dezembro, tendo como público-alvo professores da rede estadual e municipal, estudantes de graduação e pós-graduação, organizações sindicais, grupos comunitários e demais membros das comunidades externa e interna.

A programação inclui palestras sobre temas como o fenômeno da migração, classificações dos fluxos migratórios e cultura híbrida; atividades práticas, como a construção coletiva de mapas afetivos relacionados à memória, língua, território e identidade e um painel de exposição de fotografias; além de apresentações circenses e musicais.

A coordenadora do evento, professora Renilce Barbosa, explica que o workshop busca propiciar um espaço para reflexão e compreensão da integração social, cultural e laboral de imigrantes na comunidade de Corumbá, além de promover a empatia com relação à situação.

"A proposição da segunda edição deste workshop se justifica pela relevância da reflexão temática que se constitui como uma das principais pautas das nações na contemporaneidade, que é a questão dos refugiados, sendo compreendida como uma crise humanitária mundial", ressalta.

O evento é um desdobramento do projeto de iniciação científica “Em questão: Português como língua de acolhimento para refugiados no contexto corumbaense”, em desenvolvimento desde 2018.

O formulário de inscrição será divulgado em breve, bem como o canal de transmissão das atividades virtuais.

No dia 10 de dezembro, o Campus Coxim realiza a palestra "Criação de peixes em tanques de geomembrana montagem do sistema". A atividade será oferecida em uma sala virtual, das 18h45 às 22h45, e é voltada a qualquer pessoa interessada no tema, principalmente produtores rurais e piscicultores.

Na palestra serão abordados temas como os equipamentos necessários e o passo a passo para a montagem do sistema, as vantagens da recirculação de água para criação de peixes em tanques de geomembrana, o dimensionamento do filtro para tratamento da água, manejos a serem adotados durante o ciclo produtivo, além de estimativa de custos e receitas.

O coordenador do evento, professor Odair Diemer, explica que será montada uma unidade de produção demonstrativa no campus, e que as imagens e fotografias das etapas do processo serão mostradas na palestra.

"A piscicultura tem crescido muito nos últimos anos, assim como a utilização de tanques elevados, o que permite uma produção em maior quantidade numa área menor. Muita gente tem dúvida ou desconhece o funcionamento desse sistema. O intuito dessa palestra é disseminar essa nova tecnologia aos interessados no tema", ressalta Odair.

 

Fonte: Assessoria de Comunicação Social do IFMS