30/07/2020 07:03

Educação de Naviraí realizou nesta quarta live com o tema TDAH

Is allowance instantly strangers applauded

Por iniciativa da Gerência Municipal de Educação (Gemed) de Naviraí, sob a coordenação da professora titular Caroline Touro, com a presença do vereador Simon Rogério (presidente da Câmara), da professora Evanir Bronzatti; da professora Elizangela Gehrke;  da mãe Ana Paula Roberto e da psicóloga Patrícia Andrea, aconteceu na manhã desta quarta-feira (29) no plenário da Câmara de Vereadores uma live com o tema: “TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção e Hiperatividade) – mediação escolar e familiar”, como parte das ações desenvolvidas para comemorar a Semana Municipal de Conscientização a respeito do TDAH.

Agitação, inquietação, movimentação pelo ambiente, mexem mãos e pés, mexem em vários objetos, não conseguem ficar quietas (sentadas numa cadeira, por exemplo), falam muito, têm dificuldade de permanecer atentos em atividades longas, repetitivas ou que não lhes sejam interessantes, são facilmente distraídas por estímulos do ambiente ou se distraem com seus próprios pensamentos. O esquecimento é uma das principais queixas dos pais, pois as crianças “esquecem” o material escolar, os recados, o que estudaram para a prova. O assunto foi debatido na live pelos educadores.

Após o término da live a gerente de Educação disse que “essa semana estamos com o olhar voltado para as crianças com TDAH. Dentro da proposição do vereador Simon Rogério que se tornou Projeto de Lei, esta semana a Educação do município vai dedicar ao olhar, ao atendimento a essas crianças e neste sentido realizamos uma live cujo tema foi “Mediação Escolar e Familiar”. Nós estamos vivendo em tempo de pandemia, com aulas remotas, mas mesmo assim as atividades aos nossos alunos precisam acontecer e é claro, quero aqui agradecer os professores que estão todos engajados desde a Educação Infantil até ao Ensino Fundamental”, ressaltou a professora.

“Na minha opinião a live alcançou o sucesso desejados por nós. Quero então agradecer os participantes e a todos que conosco interagiram pelas redes sociais e pedir aos pais de nossos alunos que continuem motivados. Sabemos que estamos vivendo em tempos difíceis. Houve uma queda na realização das atividades mas a gente precisa permanecer com esse gás para poder ajudar aos nossos alunos nesse processo de ensino aprendizagem nesse momento de pandemia”, explicou Carol.

AULAS PRESENCIAIS CONTINUAM SUSPENSAS

A titular da Gerência de Educação do município explicou também que saiu uma nova publicação e as aulas presenciais na Rede Municipal de Ensino estão suspensas até o dia 30 de setembro. “Então, assim sendo, o nosso terceiro bimestre será todo com aulas remotas, com atividades domiciliares. Estamos traçando novos formatos de trabalho, porque precisamos pensar nas competências sócio emocionais de nossos alunos. Sabemos que o índice de violência doméstica aumentou muito durante a pandemia, então nós precisamos fazer com que a criança tenha o aprendizado significado, mas que ela também consiga viver em harmonia dentro de seu ambiente familiar”, concluiu a professora.

 

Fonte: Beto Corrêa/Assessoria de Comunicação