21/02/2020 15:24

Escolas municipais e Cozinha Central serviram mais de 11 mil refeições diariamente no ano de 2019 em Amambai

Is allowance instantly strangers applauded

A Prefeitura de Amambai, através da Secretaria Municipal de Educação (SEMED) e da Cozinha Central, ofereceu no ano de 2019, cerca de 11 mil refeições, diariamente, aos alunos matriculados na Rede Municipal de Ensino (REME). Todas as merendas são preparadas com a qualidade e o cuidado que os estudantes merecem para que tenham a desenvoltura necessária para o processo de ensino.

 A Cozinha Central, localizada anexa a Escola Municipal Antônio Pinto da Silva, conta com 23 funcionários, sendo eles uma nutricionista, dois motoristas, dois ajudantes de motorista, um almoxarifarista, um auxiliar de almoxarifado, duas funcionárias de serviços gerais, 12 merendeiras e duas estagiárias, que trabalham entre as 5 e as 16 horas para entregar o alimento no horário das 8 e das 14 horas.

O alimento é cozido com todo o carinho e cautela com a higiene, depois é depositado em caixas térmicas que são transportadas em furgões disponibilizados pela administração até a escola, onde são alocados em panelas para que sejam servidos aos alunos às 8h40 e também às 14h40.

De acordo com Lívia Maria Pereira Martins Vieira, nutricionista e responsável técnica da Cozinha, o cardápio anual é definido através de reunião junto a Comunidade Escolar ao final de cada ano letivo. “Não fazemos nada sem a aprovação da Comunidade Escolar, o cardápio semanal da Cozinha Central é criado através do cardápio anual definido, e é enviado toda sexta-feira para que as escolas divulguem em murais e nas cozinhas, para informar merendeiras e pais e também é disponibilizado no sistema do Conviva Educação, que lança os macro e micro nutrientes, para ver se o cardápio está balanceado”, disse ela.

Segundo a Nutricionista, a merenda também segue as normas do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), sendo mais de 30?manda da Agricultura Familiar e as cozinheiras seguem a RDC 216 da Vigilância Sanitária: com uso de uniforme, equipamentos corretos e higiene pessoal, tudo para que as refeições sejam de ótima qualidade.

Neste ano de 2020, Lívia conta que, devido ao tempo que ainda há disponível para matriculas em algumas escolas, não é possível calcular exatamente a quantia de merendas servidas, que até o momento já passam de 5.111 e deve aumentar até o mês de março.

Cozinha Central

Inaugurada em março de 2015, a Cozinha Central, que conta com 23 funcionários, visa à produção da maior parte da merenda escolar consumida na Rede Municipal de Ensino, entre escolas da cidade e das aldeias.

No ano de 2017, o local que funcionava em uma cozinha adaptada dentro do Alphaville Club, ganhou seu próprio prédio. Uma edificação moderna e adequada para a demanda, construída anexa à Escola Municipal Antônio Pinto no valor de R$ 570 mil, que fornece alimentos deliciosos e nutritivos para quase 10 mil refeições diárias.

 

 

 

Fonte: A Gazetanews