27/05/2022 16:35

Dólar fecha em queda e tem terceiro recuo semanal seguido

Nesta sexta-feira, moeda norte-americana caiu 0,48%, vendida a R$ 4,7381. Na semana, queda foi de 2,77%.

Is allowance instantly strangers applauded

O dólar fechou em queda nesta sexta-feira (27), marcando o seu terceiro recuo semanal consecutivo, em linha com o enfraquecimento da divisa norte-americana no exterior diante da redução das apostas de aumento muito agressivo nos juros nos Estados Unidos.

A moeda norte-americana recuou 0,48%, vendida a R$ 4,7381. Veja mais cotações.

Com o resultado desta sexta, acumulou queda de 2,77% na semana e já perde de 4,14% no mês. No ano, tem desvalorização de 15,01% frente ao real.

O que está mexendo com os mercados?

No exterior, permaneceram os temores de uma desaceleração econômica global em meio à inflação persistentemente alta, mas reduziam as apostas de elevações de juros agressivas nas grandes economias.

A volatilidade no mercado vista nesta semana -- devido a especulações sobre a política monetária -- ficou de lado depois que o Federal Reserve sinalizou que pode fazer uma pausa após aumentar os juros em 0,5 ponto percentual em cada uma de suas próximas duas reuniões. Já o Banco Central Europeu (BCE) disse que deve iniciar seu ciclo de aperto em julho.

Por aqui, as atenções seguiram voltadas para as discussões em torno de medidas para frear a alta dos preços dos combustíveis e nas últimas pesquisas de intenção de voto para a Presidência da República.

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), afirmou na quinta-feira que vai ouvir os governadores em busca de um “consenso” em torno do projeto aprovado pela Câmara que estabelece um teto para a cobrança do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre energia e combustíveis.

 

Fonte: G 1