12/12/2019 17:01

Dólar fecha em queda nesta quinta-feira, negociado abaixo de R$ 4,10

O dólar fechou em queda nesta quinta-feira (12), acompanhando o bom humor dos mercados depois que o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, escreveu em uma rede social que o país e a China estão chegando "muito perto" de um "grande acordo" comercial. A moeda norte-americana caiu 0,58%, a R$ 4,0939. Foi a primeira vez que o dólar terminou o dia abaixo de R$ 4,10 desde o dia 7 de novembro.

Juros

O mercado também repercutiu as decisões sobre as taxas de juros nos EUA e no Brasil. Na tarde de quarta-feira, o Federal Reserve (Fed, o Banco Central dos EUA) anunciou a manutenção da taxa básica de juros do país no intervalo entre 1,5?,75%. A decisão veio em linha com a expectativa do mercado.

Já por aqui, o Banco Central reduziu a taxa Selic de 5% para 4,5% ao ano. A redução já era esperada pelos analistas do mercado financeiro. Com a decisão, a Selic atingiu o menor percentual desde a adoção do regime de metas para a inflação, em 1999. O atual ciclo de redução dos juros começou em julho deste ano.

A forte queda na taxa básica de juros brasileira desde o fim de 2016 tem sido um importante fator para a depreciação recente do real, destaca a Reuters. Em outubro de 2016, quando a Selic estava em 14,25% ao ano, o BC começou um ciclo de cortes que, intercalado com pausas, trouxe o juro básico à mínima histórica atual de 5%.

A decisão da S&P Global Ratings de alterar a perspectiva da nota de crédito soberana do Brasil de “estável” para “positiva” também tinha influência nos negócios, principalmente na ponta longa da curva de juros.

Fonte: Fiems