04/09/2019 17:21

Dólar fecha em queda e cai a R$ 4,10 com exterior positivo

O dólar recuou nesta quarta-feira (4), reagindo ao noticiário mais positivo no exterior e de olho na tramitação da proposta de emenda constitucional (PEC) da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) do Senado. 

A moeda norte-americana caiu 1,78%, vendida a R$ 4,1051. Na mínima, chegou a R$ 4,0953. Na máxima, bateu R$ 4,1523. No dia anterior, a moeda norte-americana caiu 0,06%, vendida a R$ 4,1796. No mês, o dólar recou 0,88%. No ano, no entanto, acumula alta de 5,96%.

Cenário externo

Para o analista de câmbio da Correparti Corretora Ricardo Gomes da Silva Filho, o mercado desfrutou de uma leitura pontual mais positiva do quadro econômico mundial, apesar da cautela quanto às negociações comerciais entre EUA e China ainda se mostrar presente, destacou a Reuters.

"Muita tensão foi acumulada nas últimas semanas, e o investidor finalmente viu uma luz no fim do túnel. Ainda há muita incerteza sobre o comércio mundial, dada as tensões entre EUA e China e os desdobramentos do Brexit, mas, momentaneamente, tudo parece estar bem."

Nesta quarta-feira, dados econômicos chineses mostraram que a atividade no setor de serviços do país se expandiu no ritmo mais rápido em três meses em agosto, enquanto na Alemanha a atividade empresarial permaneceu robusta.

Também permaneceram no radar as questões envolvendo a saída do Reino Unido da União Europeia (UE). A Câmara dos Comuns do Parlamento britânico confirmou a aprovação de uma lei que tenta impedir um Brexit sem acordo na data limite de 31 de outubro.

Cenário local

No cenário doméstico, o BC vendeu todos os US$ 580 milhões em moeda física nesta quarta-feira e negociou ainda todos os 11.600 contratos de swap cambial reverso ofertados - nos quais assume posição comprada em dólar.

Fonte: Fiems