19/06/2019 17:13

Dólar fecha em queda, após decisão do Fed

O dólar fechou em queda nesta quarta-feira (19), após o Federal Reserve (Fed, o banco central dos Estados Unidos) deixar as taxas de juros dos EUA inalteradas. Os investidores também operaram de olho na decisão de política monetária do Brasil. Às 18h, o BC brasileiro vai anunciar o desfecho da reunião de dois dias do Comitê de Política Monetária (Copom) .

O dólar recuou 0,28%, vendido a R$ 3,8491. Na semana, a moeda dos EUA acumula queda de 1,30%. O foco do pregão desta quarta-feira recaiu sobre as decisões de política monetária dos bancos centrais norte-americano e brasileiro. Nesta tarde, o Fed informou sua decisão de manter as taxas de juros norte-americana no intervalo de 2,25?,50%, conforme era esperado pelo mercado.

No comunicado, o BC dos EUA apontou os sinais de continuidade do crescimento econômico no país, mas também citou aumento de incertezas, sinalizando um possível corte dos juros no futuro. Juros mais baixos nos EUA tendem a estimular a migração de recursos para países emergentes - como é o caso do Brasil -, fortalecendo as moedas dessas economias.

Já com relação ao Copom, também se espera a manutenção da Selic na mínima história de 6,5%, mas, em meio a crescentes apostas de que haverá um corte ainda neste ano, investidores estarão atentos em busca de sinalizações. O Banco Central rolou integralmente o lote de US$ 2 bilhões ofertado em dois leilões de linha de moeda estrangeira nesta quarta-feira.

Na véspera, a autoridade monetária também já havia rolado integralmente outro lote de US$ 2 bilhões. O BC também realizou nesta sessão leilão de até 5,05 mil swaps cambiais tradicionais, correspondentes à venda futura de dólares, para rolagem do vencimento de julho, no total de US$ 10,089 bilhões.

Fonte: Fiems