14/02/2022 18:58

Ligia Borges destaca a aprovação pela Câmara de projeto que permite isenções de impostos ao comércio noturno em Amambai

Objetivo, segundo a vereadora é beneficiar principalmente os comerciantes proprietários de pequenos estabelecimentos que amargaram elevados prejuízos por conta das medidas restritivas impostas pela pandemia.

Is allowance instantly strangers applauded
Vista da cidade de Amambai. Projeto aprovado pela Câmara vai beneficiar pequenos comerciantes noturnos que tiveram suas economias impactadas pela pandemia de Covid-19. (Foto: Divulgação)

Vilson Nascimento

A Câmara Municipal aprovou durante a sessão ordinária desta segunda-feira, 14 de fevereiro, um Projeto de Lei oriundo do Poder Executivo e atenção a solicitação da vereadora Lígia Borges (PSDB), que autoriza a prefeitura a conceder descontos e em determinados casos até isentar, durante o exercício 22, setores do comércio noturno do pagamento de IPTU e Alvará de Localização de Funcionamento, em Amambai.

Segundo Lígia, o objetivo da matéria, que contou com o apoio e o voto favorável de todos os demais vereadores que compõe a atual legislatura no município é beneficiar sobretudo os pequemos e médios comerciantes de ramos como lanchonetes, trailer e bares, por exemplo, que foram bastante prejudicados, chegando inclusive a terem que fechar por completo seus estabelecimentos por determinado tempo durante a pandemia de proporção mundial da Covio-19.

“Quero agradecer aos colegas vereadores por entenderam a importância dessa matéria e votarem favorável ao Projeto de Lei Complementar 001 de 2022 que vai possibilitar ao Poder Executivo a aplicar esses descontos ou até isenção de imposto e alvará, beneficiando comerciantes que sabemos, tiveram suas finanças pessoas e de suas micros e pequenas empresas fortemente impactadas pela pandemia”, destacou Lígia Borges.

 

Fonte: A Gazetanews