10/09/2021 15:41

Com dinheiro na mão, empreendedores de MS voltam a fazer planos para o futuro

Is allowance instantly strangers applauded
Fotos: Assessoria

Durante a pandemia, teve empresário de pequeno porte que não segurou as pontas e fechou as portas, teve quem conseguiu ‘segurar a peteca’ e teve, inclusive, quem encontrou no empreendedorismo uma alternativa para o desemprego. Todos esses e outros tipos de empreendedores poderão ser beneficiados pelo Programa +Crédito MS (Programa Estadual de Microcrédito Produtivo e Orientado), lançado nesta sexta-feira (10), pelo Governo do Estado de Ms. 

Em ato simbólico, um dos destaques foi a Inaile Caroline de Kochann Arce, uma jovem de apenas 27 anos, que escolheu o cachorro quente para obter renda durante a pandemia, já que a loja que ela trabalhava faliu e ela ficou desempregada.  “O começo foi difícil e eu pensei em desistir. Mas agora com esse apoio, eu vou aumentar meu estabelecimento e investir em entregas, porque até então eu não tinha o material, as embalagens, vou poder colocar cadeiras e mesas para os meus clientes”. 

Já o restaurante de Bruno Henrique de Andrade, de 30 anos, vai ganhar um fôlego a mais. “Esse apoio vai ajudar na reestruturação, para mantermos os empregos”. Do mesmo modo, a administradora de redes e empresária Aline Tagliaferro comemora o recurso que vem em boa hora. “Eu tinha acabado de fazer um investimento em uma área do meu setor e veio a pandemia e travou tudo, ficamos muito tempo parados sem poder ações de venda e todo o recurso ficou parado. Com a inflação, os produtos aumentaram e eu fiquei com o estoque parado e isso atrapalhou os negócios. Essa ajuda vem em boa hora e vamos retomar, voltar a fazer vendas e ter contatos com clientes. Graças a Deus, eu consegui manter meus funcionários”. 

O governador Reinaldo Azambuja lembrou que o programa de microcrédito será permanente, embora tenha sido lançado na crise sanitária. "Esse apoio vai continuar depois da pandemia", afirmou. Ele ainda ressaltou que o Estado teve capacidade de estender a mão para todos os segmentos afetados pela situação pandêmica, como a cultura, o turismo e também a área social, atendendo famílias carentes do Mato Grosso do Sul.

Para o presidente do Comitê Gestor do Prosseguir, o secretário de Infraestrutura, Eduardo Riedel, a assertividade deste benefício que compõe o pacote de Retomada Econômica, de R$ 800 milhões, é o resultado do diálogo. “Conversei pessoalmente com diversos empresários e o entendimento é que um crédito como este, com a flexibilidade destas regras tem um efeito imediato na solução de seus negócios e uma injeção de ânimo para que eles consigam se superar”. 

Sobre o +CréditoMS

O tomador poderá fazer o pagamento em até 24 (vinte e quatro) vezes, incluindo carência de até 06 (seis) meses, com juros subsidiados integralmente pelo Estado.  
Os recursos adquiridos por meio do +Crédito MS devem ser utilizados para o financiamento das atividades dos pequenos negócios, com o objetivo de auxiliar o empreendedor nesse momento de dificuldade e facilitar o processo de retomada das atividades econômicas no Estado.  

A Funtrab é responsável pelo programa implementado em parceria com o Sebrae/MS (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e com as instituições financeiras e cooperativas de crédito. 

A iniciativa integra o Programa “Retomada MS”, megapacote de investimentos na ordem de R$ 800 milhões, que vai apoiar os setores mais atingidos pela crise da Covid-19. Os benefícios previstos abrangem três eixos: auxílio financeiro, medidas fiscais e microcrédito, e representam a maior investida contra os impactos econômicos provocados pela pandemia.

 

Fonte: Assessoria