21/06/2021 11:04

Gela Boca iniciou as atividades na última quarta-feira, dia 16, em Amambai

Pedidos podem ser realizados por meio de ligação, WhatsApp e pelo aplicativo Ai que Fome

Is allowance instantly strangers applauded
Fotos: Divulgação

Nesta quarta-feira, dia 16, a empresa Gela Boca iniciou suas atividades em Amambai. O atendimento, até o fim do decreto estadual que visa conter o avanço da covid-19, será exclusivamente por delivery. As pessoas podem fazer os pedidos pelo telefone 3481- 6132 (ligação e WhatsApp) e pelo aplicativo Ai Que Fome. O horário de atendimento será das 10h às 22h.

Gela Boca é uma franquia de sorvetes e açaí, que oferece uma diversidade de produtos, como picolés, sorvetes, açaí, Milk Shakes, cappuccinos, sobremesas e diversas receitas especiais e saborosas com preços acessíveis. De acordo com um dos proprietários da empresa em Amambai, André Vicentin Ferreira, quando os decretos permitirem a abertura ao público, a Gela Boca realizará uma cerimônia de inauguração, além de possibilitar o consumo dos produtos do cardápio no local.

Com 170 metros quadrados, a loja em Amambai é administrada por Ana Cláudia Vicentin que, junto ao esposo, André Vicentin Ferreira, está realizando o sonho de ter o negócio próprio. O casal era cliente da marca, afinal, André é natural de Umuarama e morou em Maringá, ambas cidades do Paraná onde a marca tem 62 unidades em 26 cidades. A expectativa dos empreendedores é positiva. “Acabamos de retornar do treinamento de equipe e estamos animados”, afirma Ana Cláudia.  

A unidade da Gela Boca em Amambai fica na avenida Nicolau Otano, 762, e seguirá protocolos rígidos de higiene para garantir a segurança e saúde de todos. Faça já o seu pedido, há muitos produtos com preços promocionais.

Gela Boca   

A Gela Boca está presente em mais de 40 municípios do Paraná, São Paulo, Santa Catarina e Mato Grosso do Sul, exporta para o Paraguai e vai iniciar o processo para os Estados Unidos. Além da Gela Boca, detém as marcas Dom e Ultraçaí.       

A empresa tem registrado crescimento médio de 30% nas vendas ao ano. Se em 2000, quando foi fundada, a fábrica e a primeira loja ocupavam 120 metros quadrados, atualmente apenas a fábrica e a administração ocupam mais de oito mil metros quadrados e empregam 150 pessoas – as lojas geram outros 250 empregos.      

A empresa detém o selo ABF de excelência e recebeu o prêmio de Melhores Franquias do Brasil concedido pela Pequenas Empresas & Grandes Negócios.

Fonte: Grupo A Gazeta (com informações da Assessoria)