29/03/2021 16:15

A KNN Idiomas está em novo endereço em Amambai

Is allowance instantly strangers applauded
Fotos: Assessoria

A escola KNN Idiomas reinaugurou recentemente em um novo local. Instalada em Amambai, desde o dia 13 de junho de 2020, a KNN tem como lema “Live The Road, Love the Journey” (Viva a Estrada, Ame a Jornada). Agora a sede da escola está localizada na Rua Castelo Branco, 1072, próxima a escola Dr. Fernando Corrêa da Costa.

A reinauguração, que foi realizada no dia 13 de março, contou com uma programação emocionante que entusiasmou o público presente. A KNN possui uma equipe de profissionais dedicados que proporcionam um atendimento diferenciado e de qualidade para quem visita a escola. Esta é uma das características marcantes da escola, quem passa pela KNN sente o alto astral que domina o ambiente.

O ensino de idiomas prima pela qualidade e praticidade, além de respeitar as individualidades de cada aluno, oferecendo diversas formas para sanar qualquer dificuldade no aprendizado, conforme explicaram os sócios proprietários Alexandre Rios, Ana Luisa Castilho e Elaine Teixeira.

O prefeito de Amambai, Edinaldo Luiz de Melo Bandeira e seu vice Rodrigo Selhorst, estiveram presentes no evento de reinauguração parabenizando a KNN pelo ótimo trabalho que vem executando e principalmente pela geração de emprego e renda para Amambai. "É uma satisfação estar presente neste evento de uma empresa genuinamente amambaiense, todos estão de parabéns pela coragem neste momento difícil, mas já sabemos que deu certo, é disso que precisamos, gente que acredita e realiza, este é o espírito da nossa administração", afirmou Dr. Bandeira.

Entre as autoridades presentes também estiveram o presidente da Câmara Municipal Valter Brito junto aos vereadores Roberto Peres, Jayson de Souza, Joanir Martins, Paulo Sério, Rosa Linda Rodrigues, Geverson Vicentim, Gustavo Otano, Cida Farias e Janete Córdoba, além do secretário de Desenvolvimento Econômico, Roberto Racchtiune.

Clique aqui e confira a galeria de fotos da reinauguração.

Fonte: Raquel Fernandes/ Grupo A Gazeta (com informações do Decom)