01/05/2020 06:54

Comércio de Amambai não poderá abrir neste 1 de maio, Dia do Trabalhador

Sindicato dos Empregados do Comércio foi intransigente e convenção coletiva terá que ser seguida, diz ACIA.

Vilson Nascimento

O comércio de Amambai, até mesmo os do ramo de gêneros alimentícios como mercados e supermercados, não poderão abrir para atendimento ao público nesta sexta-feira, 1 de maio, Dia do Trabalhador. A informação é da ACIA (Associação Comercial e Empresarial de Amambai).

A ACIA e o SICOBAI tentaram negociar, mas o Sindicato dos Empregados do Comércio não cedeu em permitir a abertura do comércio neste feriado de primeiro de maio, em Amambai, segundo a Associação Comercial. (Foto: Vilson Nascimento)

Segundo o presidente da ACIA, Clemente Martins Júnior, por conta do momento que a economia atravessa e o fator de que o comércio local ficou fechado uma semana por conta das medidas de prevenção a covid-19, causando grandes prejuízos aos comerciantes, a Associação Comercial e o SICOBAI (Sindicato do Comércio Varejista de Amambai) fizeram um apelo pela abertura, mas o Sindicato dos Empregados do Comércio de Ponta Porã, Laguna Carapã e Amambai, (veja nota clicando AQUI) foi intransigente em relação a questão.

Com isso, segundo o presidente da ACIA, será seguido o que ficou definido na convenção coletiva e o comércio amambaiense, exceto aqueles estabelecimentos tocados pelos próprios donos, ou seja, que não tem funcionário contratados, deverão permanecer fechados neste feriado de 1º de maio.

Quem é dono e não tem funcionário poderá abrir sem decorrer em sanções já que a prefeitura essa condição excepcional tendo em vista o momento econômico que o País atravessa, segundo Clemente Martins Júnior.

No vídeo o presidente da ACIA fala sobre este feriado de 1 de maio 

Fonte: A Gazetanews