05/05/2021 10:27

Proposta de Odil Puques vira lei e Paço Municipal passa a se chamar Sidney Batista em Amambai

Sidney Vargas Batista, que faleceu em 2003 aos 87 anos, foi o primeiro prefeito do então recém-criado município de Amambai.

Is allowance instantly strangers applauded
Fachada da Prefeitura em Amambai, que agora passa a se chamar, Paço Municipal Sidney Vargas Batista. (Fotos: Vilson Nascimento)

Vilson Nascimento

Por indicação do advogado e vereador no município, Dr. Odil Puques (DEM), o Paço Municipal (Prefeitura) de Amambai passa a se chamar Sidney Vargas Batista.

A iniciativa de homenagear o primeiro prefeito do município dando seu nome a sede da prefeitura local, surgiu de Odil Puques e teve o aval dos demais vereadores que compõe a atual legislatura e também do atual prefeito de Amambai, Dr. Edinaldo Bandeira, do PSDB.

A lei que deu a Prefeitura de Amambai o nome do primeiro prefeito do município surgiu de indicação apresentada pelo vereador Odil Puques. 

Dr. Odil apresentou uma indicação durante sessão do parlamento municipal com a solicitação da homenagem e em resposta, o Executivo Municipal elaborou um projeto de lei e enviou a Câmara Municipal, que após tramitar nas comissões permanentes da Casa de Leis, foi aprovado por unanimidade em plenário e oficializado como lei ao ser sancionado pelo prefeito, Dr. Bandeira.

“É uma homenagem mais que merecida ao homem que praticamente iniciou a história de Amambai como município independente e após deixar a prefeitura continuou trabalhando pelo desenvolvimento de nosso município”, disse Odil Puques ao relembrar o grande legado deixado pelo ex-prefeito, tanto como gestor público como cidadão comprometido em encaminhar o município de Amambai aos trilhos que segue hoje, crescendo socioeconomicamente e se consolidando cada vezes como polo regional em várias áreas.

O prefeito Sidney Batista

Nomeado prefeito no dia 24 de dezembro de 1.948, Sidney Vargas Batista administrou Amambai de 1 de janeiro de 1.949 a 18 de junho de 1.949, período que iniciou o cadastramento dos proprietários de terrenos, dando condições ao município de receber as primeiras taxas e impostos.

“Após deixar a prefeitura, atuando como cidadão, Sidney Batista continuou a se dedicar ao desenvolvimento da cidade. Ele instalou a primeira olaria mecanizada de Amambai e também atuou na implantação dos loteamentos das vilas, Jussara, Vargas e Vilarinho, além de contribuir para implantação da Igreja Matriz Nossa Senhora Auxiliadora”, relembrou Odil Puques.

O primeiro prefeito de Amambai, Sidney Vargas Batista faleceu no dia 23 de julho de 2003 aos 87 anos de idade.

Da esquerda para direita (Sidney Batista, Fiscal do Estado, Pe Genesio Trevisan, Pe Jose Stefanello, Hilton Vargas e Sgto da Policia. (Foto: Blog Amambai- Patrimônio da União de um Povo)

Fonte: A Gazetanews