31/10/2020 06:22

Cemitérios de Amambai estão prontos para visitações nesta segunda, Dia de Finados

No dia, servidores estarão de prontidão para orientar os visitantes em relação ao protocolo de segurança de prevenção à Covid-19, segundo o secretário Vilmar Cubas.

Is allowance instantly strangers applauded
Fachada do Cemitério Municipal Santo Antônio, em Amambai. O campo santo já tem mais de um século de existência. (Fotos: Vilson Nascimento)

Vilson Nascimento

A prefeitura, por meio da SEMSUR (Secretaria Municipal de Serviços Urbanos) concluiu nessa sexta-feira, 30 de outubro, os últimos preparativos para deixar os dois cemitérios do município em condições para receber os visitantes nesta segunda-feira, 2 de novembro, Dia de Finados.

Segundo o secretário de serviços urbanos, Vilmar Cubas, apesar das chuvas que tem caído com frequência, o trabalho de manutenção, tanto no Cemitério Municipal Santo Antônio, situado na cidade como no Cemitério Municipal Crepúsculo, localizado na zona rural, saída para Aral Moreira, foram concluídos nessa sexta-feira, dia 30 de outubro.

A visitação no dia

De acordo com Vilmar Cubas para a visitação nesta segunda-feira, dia 2, não haverá um limite de horário, porém serão adotadas todas as medidas de prevenção à Covid-19 como manda o protocolo do Ministério da Saúde.

O uso de máscara por parte dos visitantes será obrigatório, mesmo porque ainda está em vigência o decreto municipal que determina o uso de máscara em todo o município de Amambai e, segundo Vilmar Cubas, a SENSUR vai manter equipes de servidores nos dois campos santos para orientar e auxiliar os visitantes no sentido de se prevenir para o risco do contágio pelo novo coronavírus.

Os cemitérios em Amambai

A Cruz Metre, localizada próximo a entrada é o ponto mais visitado anualmente no Dia de Finados, no Santo Antônio. 

No Cemitério Santo Antônio, que é secular, onde levantamentos realizados pela reportagem do grupo A Gazeta, o túmulo mais antigo, possivelmente o primeiro a ser construído é datado de 1909, ou seja, foi construído há 111 anos, o ponto mais visitado anualmente é a “Cruz Mestre”.

De acordo a administração, no Santo Antônio não há um registro oficial sobre o número de pessoas sepultadas, mas são cerca de 11,5  mil jazidos, sendo que em boa parte deles pertencem a famílias e existem vários membros sepultados.

Já no Cemitério Municipal Crepúsculo é relativamente novo. Para chegar ao campo santo, situado na saída para Aral Moreira, são 900 metros de estrada de terra.

Segundo a administração central, que coordena os dois cemitérios, de 1 de janeiro de 2020 até essa sexta-feira, dia 30 de outubro, os cemitérios de Amambai receberam 191 novos sepultamentos. A maior parte desses sepultamentos ocorreram no Cemitério Crepúsculo.

 

Fonte: A Gazetanews