29/07/2020 20:40

Com 177 obras, gestão de Dr. Bandeira é marcada por conquistas e grandes desafios em Amambai

Em três anos e meio de governo, a administração do médico ortopedista enfrentou danos provocados por temporais, queda brusca de receita e agora o maior de todos os desafios já enfrentados por uma gestão em Amambai, que é o enfrentamento de uma pandemia de abrangência global.

Is allowance instantly strangers applauded
O médico ortopedista, Dr. Edinaldo Luiz de Melo Bandeira (PSDB), prefeito de Amambai na gestão 2017/2020. (Foto: Vilson Nascimento)

Vilson Nascimento

A atual administração municipal anunciou essa semana, ter chegado a 177ª de janeiro de 2017 até agora, em Amambai.

Em três anos e meio frente ao governo municipal, a administração do atual prefeito, o médico ortopedista, Dr. Edinaldo Luiz de Melo Bandeira (PSDB) foi marcada por importantes conquistas, principalmente no que diz respeito a saúde e infraestrutura urbana e rural, mas também por grandes desafios.

Nos primeiros dois anos de administração (2017/2018), a gestão do médico ortopedista, que tem como vice-prefeito o empresário do ramo da construção civil, Valter Brito da Silva (DEM), teve pela frente o desafio de manter a mobilidade rural para o escoamento de safras e transporte escolar em meio a frequentes intempéries que provocaram a destruição de estradas e pontes em várias regiões do município.

Contracenando com os elevados prejuízos causados pelas intempéries, se desenvolvia a crise instalada no País por conta da desestabilidade do governo federal com cassação de presidente, que abalou a economia, contribuindo para queda de receita, fazendo reduzir em frequentes escaladas os repasses de recursos aos municípios, levando muitos a inclusive nem conseguir pagar a folha do funcionalismo, coisa que em Amambai não chegou a acontecer.

O prefeito de Amambai, Dr. Edinaldo Bandeira (PSDB) durante Live de atualização dos números da Covid-19 no mês de junho. Entre conquistas e obstáculos, o enfrentamento da pandemia global do novo coronavírus é com certeza o maior desafio já enfrentado em três anos e meio de sua gestão frente a prefeitura local. (Foto: Vilson Nascimento)

Em 2019 a economia do País voltou a dar sinais de recuperação e com ela também os repasses federais como o FPM (Fundo de Participação dos Municípios) e a liberação de recursos de emendas parlamentares para obras voltaram a apresentar recuperação.

Chegou 2020 com a perspectiva de um ano promissor, mas ai veio com ele o novo coronavírus, uma pandemia de amplitude global que proporcionou a Dr. Bandeira o maior desafio já enfrentado por um prefeito nas mais de 70 décadas de existência da administração política-administrativa de Amambai.

Com o objetivo de retardar ao máximo a chagada, posteriormente desacelerar a disseminação do vírus, que para algumas pessoas é mortal, entre a população, o prefeito teve que adorar medidas como suspenção de aulas, fechamento de comércio, determinação de toque de recolher e o uso obrigatório de máscaras, ações extremas e necessárias, que nenhum outro prefeito que administrou o município anteriormente se viu obrigado a adotar.

Inúmeras conquistas

Mesmo diante de tantos obstáculos administrativos e financeiros, a gestão de Dr. Edinaldo Bandeira frente a Prefeitura de Amambai chega a três anos e meio de governo com várias ações e grandes conquistas para o município.

O setor de saúde teve avanços importantes no que diz respeito a estruturação e o Hospital Regional de Amambai, que na atual gestão recebeu os maiores investimentos em infraestrutura deste a sua construção, se consolidou com referência para atendimento, não só a população de Amambai, mas também de toda a região.

No setor de infraestrutura urbana e rural, a atual administração é uma da que mais investiu em pavimentação asfáltica, levando asfalto e promovendo conforto e segurança para os moradores, além de valorização imobiliária para praticamente todas as vilas da cidade e no campo foi a gestão que mais conquistou pontes de concreto, favorecendo a mobilidade rural e o escoamento da produção agropecuária, o principal setor da economia do município.

Segundo Dr. Edinaldo Bandeira, que também é 1º vice-presidente da Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul) e presidente do Conisul (Consórcio para o Desenvolvimento da Região Sul de Mato Grosso do Sul), grande parte das inúmeras obras executadas, em execução e ainda a serem executadas em Amambai nos últimos meses de sua atual gestão, se devem ao bom relacionamento da gestão municipal de Amambai como um todo, ai ele também sempre faz questão de mencionar a participação da Câmara de Vereadores, junto ao Governo do Estado e as secretarias estaduais, junto a Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul, por meio dos deputados estatuais e junto a bancada federal de Mato Grosso do Sul, em Brasília, ou seja, os deputados federais e senadores. 

 

Fonte: A Gazetanews