20/06/2020 09:36

Projeto de Janete Córdoba institui o “Mês de Combate ao Feminicídio” em Amambai

Matéria está em trâmite nas comissões da Câmara Municipal e deverá ser levado a plenário para votação daqui duas semanas, segundo previsão da vereadora autora.

Is allowance instantly strangers applauded
A vereadora Janete Córdoba, autora do projeto. Mês Municipal de Combate ao Feminicídio vai gerar maior conscientização e contribuir para a diminuição dos casos de violência contra a mulher em Amambai, avalia a parlamentar. (Foto: Vilson Nascimento)

Vilson Nascimento

Está em tramite na Câmara Municipal um projeto de lei de autoria da vereadora Janete Córdoba, que institui o “Mês de Combate ao Feminicídio”, em Amambai.

A matéria, que passa pela análise das comissões permanentes na Casa de Leis, deverá ser levada a plenário para votação daqui duas semanas, ou seja, na segunda-feira, dia 29 de junho, segundo previsão da vereadora autora.

De acordo com Janete Córdoba, que é a atual vice-presidente da Câmara Municipal de Amambai e a líder do PSDB na Casa de Leis, pelo projeto o Mês Municipal de Combate ao Feminicídio, que inclusive será incluído no calendário oficial de eventos do município, será celebrado no decorrer do mês de junho de cada ano.

“No decorrer desse mês o Poder Executivo poderá promover, através da Coordenadoria de Políticas Públicas para as Mulheres, em conjunto com a Secretaria Municipal de Educação, de forma articulada com os organismos municipais de políticas para mulheres, parcerias e convênios com instituições governamentais e não governamentais, a realização de atividades de conscientização, prevenção e combate ao feminicídio e de combate à violência contra a mulher”, destacou Janete.

“É inaceitável o fato de mulheres estarem perdendo vidas e tendo suas histórias interrompidas por discriminação à condição de mulher, apenas por ser do sexo feminino”, ressaltou a vereadora ao avaliar que, com a criação de um mês municipal com a atenção voltara exclusivamente ao tema, vai ajudar na conscientização de agressores e possíveis futuros agressores, fazendo reduzir o número de casos de violência doméstica em Amambai, que hoje é bastante elevado em Amambai, segundo estatísticas da Polícia Civil local.

Fonte: A Gazetanews