07/02/2020 17:20

ONG precisa de apoio da sociedade para tratar cãezinhos vítimas de abandono e maus-tratos em Amambai

“Gurizinho” e “Júlio” como foram apelidados pelos membros da Adote um Campeão de 4 Patas, precisam passar por cirurgias e um deles por tratamento de doença de pele.

Vilson Nascimento

A Organização Não Governamental (ONG) Adote um Campeão de 4 Patas, considerada uma espécie de “anjo da guarda”, dos animais em situação de risco e abandono, em Amambai, está buscando o apoio da sociedade em geral para o tratamento de dois cãezinhos vítimas de abandono e maus-tratos.

Depois de ser atropelado e abandonado, “Gurizinho”, como foi apelidado, terá que ser submetido a duas cirurgias para restaurar as patas dianteiras. Uma será neste fim de semana. (Fotos: Adote um Campeão de 4 Patas)

“Gurizinho”, como foi apelidado pelos voluntários da ONG, foi atropelado, teve as patas dianteiras quebradas e foi abandonado.

Segundo a direção da Adote um Campeão de 4 Patas, para voltar e se locomover ele precisa passar por cirurgia nas duas patas dianteiras.

Cada cirurgia custa cerca de R$ 900,00. Com recursos de um bazar realizado anualmente pela entidade, dinheiro de rifa promovida pela ONG e contribuição dos próprios voluntários, foi levantado o valor para realizar a cirurgia em uma das patas, que deve ocorrer neste final de semana.

Agora a entidade pede a colaboração da sociedade para levantar os R$ 900,00 restantes para fazer a cirurgia na outra pata.

Com “Júlio” a situação é ainda pior

Com o outro cãozinho, apelidado de “Júlio”, a situação é ainda mais grave. Resgatado pela ONG após ser atropelado e abandonado, ele também teve uma das patas dianteiras fraturadas e precisa ser submetido a uma cirurgia semelhante, inclusive com o mesmo valor da de “Gurizinho”, e ainda enfrenta uma grave doença de pele, que se não tratada, pode levá-lo a morte.

A situação de “Júlio”, como foi apelidado, é ainda mais complicada. Ele precisa ser submetido a uma cirurgia semelhante a de Gurizinho em uma das patas e ainda superar, com tratamento contínuo, uma doença de pele.

Com apoio do consultório veterinário Center Vet, os voluntários da ONG começaram a realizar o tratamento da doença de pele, mas os custos são elevados.

Hoje, entre o tratamento já realizado em “Júlio”, cuja continuidade faz-se necessário e outros socorros prestados a animais resgatados pela ONG, a conta da Campeão de 4 Patas nessa unidade de saúde animal já ultrapassa dos R$ 2 mil e a entidade precisa do apoio da população para saldar.

Como ajudar?

Para ajudar no tratamento dos dois cãezinhos acima noticiados a pessoa poderá, segundo a direção da ONG, depositar sua doação direto em um ponto de coleta especifico, montado na clínica veterinária e pet shop Cani’Cat, na antiga Nutrivet, ao lado da Praça Coronel Valêncio de Brum, no centro de Amambai, no Consultório Center Vet, situado na Avenida Nicolau Otaño, próximo a Big Pão ou com apoiadores voluntários da Adote um Campeão de 4 Patas, adquirindo rifas ou fazendo doações.

Entre os pontos para recebimentos de doações estão a Farmácia Bampi, falar com a Sandra, Pax Primavera, com Janete Córdoba e Contábil Amambai, com Joanita.

Os telefones para contato para doações ou para saber mais sobre o trabalho voluntário da Adote um Campeão de 4 Patas em Amambai são os (67) 99349-5160 e (67) 99644-2017.

Depois de ser atropelado e abandonado, “Gurizinho”, (acima) como foi apelidado, terá que ser submetido a duas cirurgias para restaurar as patas dianteiras. Uma será neste fim de semana. 
A situação de “Júlio”, como foi apelidado, é ainda mais complicada. Ele precisa ser submetido a uma cirurgia semelhante a de Gurizinho em uma das patas e ainda superar, com tratamento contínuo, uma doença de pele.

 

Fonte: A Gazetanews