31/08/2019 19:16

ONG “anjo da guarda” de animais vai ganhar sede em Amambai

Em quase cindo anos de existência voluntários da Adote um Campeão de 4 Patas já resgataram e garantiram vida digna a dezenas de cães e gatos, muitas vezes doentes, que viviam em condições de abandono, inclusive colocando em risco a saúde pública.

O prefeito, Dr. Bandeira (d) e a presidente da Câmara, vereadora Janete Córdoba com voluntários da ONG durante visita técnica ao terreno onde será a sede da Adote Um Campeão de 4 Patas. (Fotos: Vilson Nascimento e Divulgação)

Vilson Nascimento

O Poder Executivo mandou o projeto de lei e a Câmara Municipal aprovou, nesse mês de agosto, a doação de um terreno para a construção da sede própria da organização não governamental Adote Um Campeão de 4 Patas, em Amambai.

Localizado na região aos fundos do Residencial Ana Mansano, o terreno terá amplo espaço que possibilitará, segundo os voluntários da ONG, desenvolver todas as ações necessárias.

Há duas semanas, o prefeito do município, Dr. Edinaldo Bandeira e a presidente da Câmara Municipal de Amambai, vereadora Janete Córdoba, acompanhados pelas voluntárias da Adote um Campeão de 4 Patas, Renata Pimenta e Sandra Bampi, realizaram uma visita técnica ao local onde será implantada a sede da entidade.

Durante a visita técnica, que também foi acompanhada pelos empresários, Eduardo Signori e Marcelo Signori, ambos arquitetos e urbanistas da empresa Exata Materiais para Construção, com sede em Amambai, que irão fazer, de forma voluntária, o projeto da sede da ONG em 3D, as voluntárias, Renata e Sandra Bampi destacaram que o local não será um canil, mas sim um centro para abrigar e reabilitar animais abandonados para, em segundo momento, realizar a doação.

De acordo com os integrantes da organização não governamental, em primeiro momento a meta é cercar o terreno, construir um barracão e montar uma estrutura mínima para iniciar as atividades na nova sede.

Já em ações futuras o objetivo é realizar melhoramentos, com construção de centro clínico e local específico para banho e tosa, por exemplo.

Toda estrutura, segundo os membros da entidade, será construída por meio de parcerias com o poder público, com empresas, doações de pessoas físicas e segmentos da sociedade, em Amambai, além de se cogitar a realização de evento com a finalidade de angariar recursos.

A presidente da Câmara, vereadora Janete Córdoba, informou que a deputada federal Rose Modesto, ao conhecer o trabalho realizado pela Adote Um Campeão de 4 Patas em Amambai, ficou encantada e já se comprometeu em destinar recurso de emenda parlamentar de sua autoria para contribuir com a construção da sede da entidade, que já tem título de utilidade pública municipal.

A ONG Adote Um Campeão de 4 Patas

A Adote Um Campeão de 4 Patas surgiu em 2015 por iniciativa da estudante de medicina Daniely Córdoba. 

Idealizada pela estudante de medicina, Daniely Córdoba no ano de 2015, a Adote Um Campeão de 4 Patas teve como uma das primeiras pessoas a abraçar a ideia, a contadora, Joanita Vasquez Machado.

De lá para cá a ONG foi ganhando voluntários dia a dia, vindo a se tornar uma espécie de anjo da guarda de animais, sobretudo cães e gatos, em Amambai. Hoje já são aproximadamente 30 voluntários.

Com apoio de colaboradores, que fazem a doação de ração, medicamentos e inclusive de veterinários que prestam atendimentos voluntários em muita das vezes, a AdoteumCampeãode4Patas resgata animais feridos, abandonados e que vivem em situação precária perambulando pelas ruas da cidade.

Os animais resgatados recebem alimentação, tratamento até a recuperação e, como a ONG ainda não conta com sede efetiva, acabam recebendo abrigo nas casas dos voluntários até estarem recuperados e em condições de serem colocados para adoção.

ONG faz um serviço de excelência, destaca veterinário

Procurado pela reportagem o grupo A Gazeta, o médico veterinário Ednor Bampi, que é agente público e proprietário de uma clínica para atendimento a pequenos animais, em Amambai, classificou o trabalho dos voluntários da Adote Um Campeão de 4 Patas como de excelência.

“Trabalham dia e noite socorrendo e resgatando animais, muitas vezes feridos, doentes ou em situação de deprimência por conta de abandono. Além de resgatar, os voluntários dessa ONG se preocupam também em dar qualidade de vida para esses animais”, destacou Ednor ao ressaltar que o trabalho da ONG também contribui em longa escala com a saúde da população, em Amambai.

Segundo o médico veterinário animais, como cães e inclusive gatos, que também recebem atenção especial da entidade, soltos nas ruas em situação de abandono oferecem risco a saúde humana através da transmissão de diversas doenças e zoonoses que podem levar até a morte, com o é o caso da raiva, por exemplo, além de parasitas como carrapatos.

Abaixo animais resgatados pela Adote um Campeão de 4 Patas no ato do resgate e após passar pelos cuidados da equipe de voluntários

Fonte: A Gazetanews