Gazeta de Amambaí


Quarta-Feira, 08 de Agosto de 2018 às 07:03

Tabelamento do frete influencia em nova queda das exportações do agronegócio gaúcho

China se mantém como principal parceiro do agronegócio gaúcho

Pelo segundo mês consecutivo, as exportações do agronegócio gaúcho foram impactadas pelo tabelamento do frete. O setor fechou o mês de julho com US$ 919 milhões em vendas, em um total de 1,755 milhão de toneladas. Isso representa queda de 9,6% no valor e 3,8% no volume comercializado na comparação com junho de 2018. O acumulado do ano ainda apresenta crescimento, atingindo 10,9% de alta em relação ao mesmo período de 2017.

Os dados estão no Relatório de Comércio Exterior do Agronegócio do RS, divulgado pelo Sistema Farsul nesta terça-feira, dia 7.

O Complexo Soja, principal produto do estado no mercado internacional, apresenta alta de 2,2% em julho e 16,5% no acumulado. O resultado está diretamente relacionado com a recuperação do Farelo e Óleo de Soja. Já a oleaginosa em grãos registrou nova queda no último mês, com -8,8% e de -8,1% no volume. No Grupo Carnes, houve aumento no valor e volume exportado (27,6% e 22%).

O Grupo Cereais teve queda de 22,7%, tendo o arroz como principal ofensor (-22,4%). A China se mantém como principal parceiro do agronegócio gaúcho, respondendo por 46% do valor exportado.  

Fonte: Agrolink

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Rural

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.