Gazeta de Amambaí


Quarta-Feira, 01 de Agosto de 2018 às 15:42

DOF detém dupla com maconha no Panorama, em Amambai

Ao contrário do que alguns veículos de comunicação divulgaram jovens não tem envolvimento com suposta tentativa de assalto no Jardim Panorama, diz Polícia Civil.

Clique na Imagem para ampliá-la

A Polícia Civil descartou a participação da dupla detida pelo DOF na noite dessa terça-feira (31) com a ação do trio em uma lanchonete na região do Jardim Panorama na segunda. (Foto: Reprodução/A Gazetanews)

Vilson Nascimento

Uma equipe do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) realizou a detenção na noite dessa terça-feira, 31 de julho, em Amambai, de dois jovens de posse de maconha.

Carlos Ortega Pereira, de 18 anos e Daniel Galvão Enciso, de 19 anos, ambos moradores em Amambai, foram abordados pela equipe do DOF no Jardim Panorama e, segundo a ocorrência policial, em revista pessoal, os policiais localizara na cueca de Daniel Enciso, uma porção de maconha, que depois de pesada, totalizou 40 gramas da droga.

Indagada, a dupla, que segundo a polícia não tinha passagem, teria relatado que são usuários de droga e teriam apanhado a porção de maconha que estava guardada embaixo do colchão, na residência de Marlon de Lima, de 18 anos, a pedido de Marlon, que segundo a Polícia Civil, figura como suspeito em procedimento de investigação de roubos de carros, em Amambai.

Apesar de alguns veículos de comunicações terem divulgado que Daniel Enciso e Carlos Ortega estariam envolvidos na suposta tentativa de assalto a um estabelecimento comercial, fato ocorrido na noite da segunda-feira, 30 de julho, na mesma região do Jardim Panorama, ação registrada por uma câmera de segurança do estabelecimento, procurado pela reportagem do A Gazetanews na tarde dessa quarta-feira, 1 de agosto, o SIG (Setor de Investigação Geral) da Delegacia de Polícia Civil de Amambai, que atua nas investigações o caso, informou que os jovens negaram envolvimento na suposta tentativa de assalto.

O SIG informou também que as investigações não levantaram nenhuma ligação de Daniel Enciso e Carlos Ortega com a ação no estabelecimento comercial.

A Polícia Civil informou que, tendo em vista que a quantidade de droga encontrada em poder da dupla era insuficiente para caracterizar o crime de tráfico, Daniel e Carlos Ortega foram ouvidos e liberados. Eles poderão responder em liberdade a TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) por posse de droga.

Em relação a ação do trio na lanchonete, na noite da segunda-feira, a polícia informou que continua atuando no caso e mantendo as hipóteses de uma possível tentativa frustrada de assalto ou vingança pessoal, em represaria, por conta de uma dívida cobrada pelo dono do estabelecimento comercial, de uma pessoa moradora na cidade.

Fonte: A Gazeta News

Veja mais fotos:

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Polícia

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.