Gazeta de Amambaí


Quarta-Feira, 04 de Outubro de 2017 às 17:44

Condenado a mais de 7 anos acusado de matar na praça em Amambai

Crime ocorreu em agosto de 2015. Condenação foi de 7 anos e 10 meses de prisão.

Clique na Imagem para ampliá-la

Momentos do julgamento dessa quarta-feira (4). Tribunal do Júri terá mais uma sessão dia 25 dentro da pauta de júris para o mês de outubro. Na ocasião vai a júri popular homem acusado de matar a esposa. (Fotos: Vilson Nascimento)

Vilson Nascimento

Foi submetido ao Tribunal do Júri e condenado a 7 anos e 10 meses de prisão na manhã dessa quarta-feira, 4 de setembro, um homem de 45 anos, acusado de matar com um golpe de faca no peito, um rapaz de 21 anos, crime ocorrido em agosto de 2015 na Praça Coronel Valêncio de Brum, a praça central da cidade, em Amambai.

A sessão do Tribunal do Júri foi presidida pelo juiz de direito, titular da 1ª Vara da Comarca de Amambai, Dr. Pedro Henrique Freitas de Paula.

Atuou na acusação o promotor de justiça, Dr. Luiz Eduardo Sant’Anna Pinheiro, titular da 2ª Promotoria em Amambai e na defesa do réu o defensor público, Dr. Marcelo Marinho da Silva.

Segundo a denúncia do Ministério Público, na noite do dia 8 de agosto de 2015, Antônio Centurion, também conhecido por “Maninho”, matou com uma facada no peito após um desentendimento Wilfrido Ramão Monges Pietro.

Na ocasião a vítima chegou a ser socorrida pelo Corpo de Bombeiros, mas não resistiu e morreu.

    No vídeo o depoimento de Antônio Centurion em juízo

Veja a reportagem complenta na edição impressa desta sexta-feira (6) do jornal A Gazeta

Fonte: A Gazeta News

Veja mais fotos:

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Polícia

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.