Gazeta de Amambaí


Quinta-Feira, 27 de Setembro de 2018 às 10:16

O que levaremos de bom para Jesus? - Por Eloir Vieira

“De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus” (Rm 14.12).

Esse encontro, não será para curar, alimentar, libertar, nem para perdoar pecados! Deus nos amou e já nos perdoou; Jesus derramou seu sangue, que nos lavou de todo pecado: “Na qual vontade temos sido santificados pela oblação do corpo de Jesus Cristo, feita uma vez” (Hb 10.10); “Porque com uma só oblação, aperfeiçoou para sempre os que são santificados” (Hb 10.14). Após a morte natural, não iremos para um lugar especial ser purificado dos pecados e preparados para a salvação; essa afirmação é falsa, não é bíblico e, portanto, não existe. Após a morte, enfrentaremos o juízo de Deus: “E, como aos homens está ordenado morrerem uma vez, vindo, depois disso, o juízo” (Hb 9.27).

No dia do julgamento, não vamos contar com algum parente ou líder religioso para nos defender ou dar explicações. O Espírito Santo, que nos acompanha por onde andamos, registra tudo o que falamos e fazemos. Ele leva para o Senhor, todas as informações!

No dia do Juízo, portanto, de nada adiantará tentarmos nos justificar com uma desculpa! Naquele momento do júri, apenas vamos ouvir de Jesus, o seu julgamento, e receber o que merecermos pelo que fizemos ou deixamos de fazer enquanto estávamos na terra: “Porque todos devemos comparecer ante o tribunal de Cristo, para que cada um receba segundo o que tiver feito por meio do corpo, ou bem ou mal” (2Co 5.10).

Então amigo (a), o que tiver que fazer faça agora: Pedir perdão por ter sido infiel, idólatra, incrédulo (a), desobediente a Deus e à sua Palavra. Perdoar quem te causou algum mal. E a partir de agora, leve uma vida de temor e tremor a Deus, perseverando até o dia da sua morte; para que não tenha do que se envergonhar no Tribunal de Cristo! E receber do Senhor, o prêmio que está reservado para os vencedores! Lembre-se: Naquele dia é você e Deus: “De maneira que cada um de nós dará conta de si mesmo a Deus” (Rm 14.12). Depois de morto, nada mais podemos fazer: “Tudo quanto te vier à mão para fazer, faze-o conforme as tuas forças, porque na sepultura, para onde tu vais, não há obra, nem indústria, nem ciência, nem sabedoria alguma” (Ec 9.10).

Guarde o mandamento de Jesus: “O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei. Ninguém tem maior amor do que este: de dar alguém a sua vida pelos seus amigos. Vós sereis meus amigos, se fizerdes o que eu vos mando” (João 15.12-14). Resumindo: Pratique a justiça, a misericórdia, a paz com todos; perdoando inimigos, orando pelos perseguidores e não se vingando! Socorra o necessitado e guarde-se das corrupções do mundo (Tg 1.27). Fuja da idolatria (1Co 10.14); guarde-se dos ídolos (1Jo 5.21); abstenha-se da prostituição (1Ts 4.3); dê bom testemunho de Cristo, produzindo frutos do Espírito (Gl 5,22). Jesus te ama!

Fonte: Eloir Vieira

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Opinião

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.