Gazeta de Amambaí


Sábado, 06 de Janeiro de 2018 às 22:01

Vinho produzido com maconha dá "barato", mas não tem álcool

Pegando carona na “brisa” que tomou conta da Califórnia (EUA) – que passou a ser o sexto Estado norte-americano a permitir a comercialização de maconha para fins recreativos -, a vinícola californiana Rebel Coast lançou, recentemente, um sauvignon blanc 2016 com infusão de tetra-hidrocanabinol (THC), princípio ativo da maconha.

Mas o “barato” fica apenas por conta da substância, já o vinho não tem álcool – a legislação local não permite o uso de álcool nos produtos elaborados com maconha.”Nós removemos o álcool a partir de um processo de osmose reversa. E, depois, fazemos uma infusão com o THC”, explica o sócio da Rebel Coast, Alex Howe, ao jornal LA Weekly.

Segundo a vinícola, a vantagem de consumir o vinho é que não é preciso se preocupar com a ressaca no dia seguinte e nem em engordar (ao menos até a hora da larica), já que cada taça tem apenas 35 calorias.

O rótulo custa US$ 60 (cerca de R$ 190) e será vendido sob encomenda apenas no Estado norte-americano. Neste ano, a vinícola pretende lançar um rosé e um espumante com maconha. É aguardar.

Fonte: Terra

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Internacional

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.