Gazeta de Amambaí


Quinta-Feira, 04 de Outubro de 2018 às 07:02

Crea fiscalizará 2,6 mil obras em 43 municípios de MS neste mês

Neste mês serão fiscalizadas áreas urbanas e rurais, entre elas cartórios e lavouras

O Crea-MS (Conselho Regional de Engenharia e Agronomia) vai fiscalizar obras em 43 municípios durante este mês em Mato Grosso do Sul. Estão previstas 2.600 visitas a obras e serviços nas áreas da engenharia, agronomia e geociências. Neste mês, a fiscalização será intensificada em Paranaíba – a 422 quilômetros da Capital.

Conforme divulgado pelo conselho, neste mês serão fiscalizadas áreas urbanas e rurais, entre elas cartórios e lavouras. “Na área urbana, além da construção civil, serão fiscalizadas instituições financeiras, obras civis e eventos. Na área rural, nosso trabalho estará concentrado em lavouras e cartórios, neste são verificados se os projetos de custeio agropecuários possuem responsáveis técnicos e suas respectivas Anotações de Responsabilidade Técnica”, disse o gerente do departamento de fiscalização, Luis Antonio Silva.

Cronograma – Durante todo o mês, equipes estão em Campo Grande, Dourados e Paranaíba. Até está sexta-feira, os trabalhos ocorrem em Sidrolândia, Nioaque, São Gabriel do Oeste, Chapadão do Sul, Glória de Dourados e Deodapólis.

Na semana seguinte, entre 15 e 19, as fiscalizações ocorrem em Camapuã, Paraíso das Águas, Maracaju e Vista Alegre, Rio Negro, Corguinho, Rochedo, Bataguassu, Anaurilândia, Laguna Carapã, Caarapó, Juti, Fátima do Sul, Vicentina, Jateí, Fátima do Sul, Vicentina, Jateí e distritos de Dourados.

Já do dia 15 ao 26, os trabalhos ocorrem em Guia Lopes da Laguna, Bela Vista, Antônio João, Bonito, Jardim, Nova Andradina, Bataiporã, Taquarussu, Novo Horizonte, Rio Brilhante, Anhanduí, Nova Alvorada do Sul, Brasilândia, Santa Rita do Pardo, Itaporã, Douradina, Paranhos, Sete Quedas e Tacuru

Denúncias – Irregularidades em empreendimentos e serviços e demais atividades profissionais ligadas à engenharia, agronomia, geografia, geologia e meteorologia podem ser encaminhadas para verificação pelos agentes fiscais.

Clicando no link Denúncia Fiscalização é possível, a qualquer pessoa relatar irregularidades como, por exemplo, ausência de profissionais, inexistência de placa em obras, atividade sendo realizada por leigos, acobertamento por parte de profissionais, entre outras irregularidades.

O sistema também permite o envio de imagens. Outras informações podem ser obtidas no Departamento de Fiscalização, de segunda a sexta-feira das 12h às 18h, pelo telefone (67) 3368-1014.

Fonte: Campo Grandenews

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Estado

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.