Gazeta de Amambaí


Segunda-Feira, 13 de Novembro de 2017 às 13:18

Governador inicia mudança no 1º escalão e altera comando da Fazenda, Saúde e PM

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) nomeou no Diário Oficial do Estado desta segunda-feira (13), o substituto, de forma interina, do agora ex-secretário de fazenda e ex-presidente regional do PSDB, Marcio Monteiro, indicado para uma vaga de conselheiro no TCE-MS (Tribunal de Contas do Estado).

Assume a Fazenda o adjunto da pasta, o fiscal tributário estadual Guaraci Luiz Fontana, que já ocupou diversas funções dentro da secretaria. Ele também ocupou a Fazenda do município de Maracaju, quando Azambuja administrava a cidade.

Também no Diário desta segunda-feira, o governador designou o servidor Maurício Rodrigues Peralta, que atualmente é o Superintendente-Geral da Superintendência-Geral de Administração e Finanças da SES (Secretaria de Estado de Saúde), para ocupar a titularidade da pasta durante as férias do titular, Nelson Tavares (PSDB), entre os dias 4 a 18 de dezembro de 2017.

Houve mudança também dentro da Sejusp (Secretaria de Justiça e Segurança Pública) Azambuja exonerou o coronel Valdecir Escalhar da função Subcomandante-Geral da Polícia Militar de Mato Grosso do Sul, e nomeou o coronel Andre Luiz Saab para o cargo.

Mudanças

No último fim de semana, o governador evitou revelar quem assumirá em definitivo a Sefaz, de onde saiu Monteiro, e a Sejusp, que perderá o titular, José Carlos Barbosa, o Barbosinha (PSB), nos próximos dias, e determinou que todos os integrantes de seu governo que tenham interesse em disputar a eleição de 2018 deixem os cargos até o próximo mês de dezembro.

A mensagem do governador aos comandados pode alterar as pretensões de alguns aliados, que pretendiam estender a permanência à frente de algumas pastas antes de iniciarem a campanha eleitoral de 2018.

Por ora, o governador precisa definir os titulares da Sefaz, Sejusp e Agraer (Agência de Desenvolvimento Agrário e Extensão Rural), mas pode ter que mexer em outras pastas, como a Segov (Secretaria de Governo e Gestão Estratégica), já que Eduardo Riedel (PSDB) é um dos principais cotados do ninho tucano para disputar uma cadeira no Senado no próximo ano.

Fonte: Midiamaxnews

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Estado

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.