Gazeta de Amambaí


Segunda-Feira, 08 de Outubro de 2018 às 10:37

"Cases" inspiradores de sucesso na educação, por Miriam Fernandes

Professora Miriam Fernandes

“Cases de Sucesso” (Cases são relatos reais do trabalho com sucesso)

Talvez você tenha começado a ler está resenha e logo pensou em casos de sucessos de alunos, mas desta vez não vou me referir a eles, e sim aqueles que vivem por eles, o nosso “professor”. Quantas histórias de cases de sucessos (pessoas que fazem a diferença), na área política, administrativa, financeira que encontramos no nosso em todas as partes do mundo, mas alguém já parou para pensar em cases de sucesso educacional, de profissionais que a cada dia constroem uma nova história na vida do seu educando, muitas vezes deixando de lado a educação de seus próprios filhos e seus relacionamentos pessoais para se dedicar de forma incondicional a educação de outros. Sua rotina é árdua, de muito estudo. Difícil encontrar um professor que tenha somente uma especialização, custeado geralmente do seu próprio bolso. São exigentes, quando o assunto é qualidade educacional.

Geralmente não são reconhecidos pelo seu nome próprio, são lembrados como (a) professor (a) do meu filho, o professor da tal escola, ele usa criatividade como um instrumento de trabalho para despertar o cidadão para uma visão crítica e independente. Nem sempre é reconhecido pelo ator principal de suas ações “o aluno”, que não reconhece seu esforço diário, e o compensa com a falta de respeito, desinteresse e conforme relatos da mídia, com agressões físicas e psicológicas. Mas a batalha sempre continua, mesmo escolhendo a docência, fazem o papel de mãe, psicólogo, assistente social, formação que não escolheu, mas a prática o faz perito por resiliência. Não é difícil ouvirmos na escola, “já não sei o que fazer com meu filho”, repassando ao professor a responsabilidade de ensinar valores, aos quais não é de sua responsabilidade.

Muito se busca a qualidade na educação, temos em discussão para aprimoramento o BNCC, onde as competências cognitivas e competências socioemocionais dos alunos é uma expectativa para a chave do sucesso.

Vale a pena investir na saúde sócioemocional dos alunos e não investir na saúde socioemocional dos professores? Isto terá sentido?

Muito investimento no aluno  e pouco investimento em quem faz a educação acontecer.Isto é coerente? Quiçá os nossos futuros governantes tivessem este cuidado, pois até agora diante de tantos discursos de candidatos, nenhum priorizou o cuidado com o profissional da educação. Pois se isto realmente acontecer, em pouco tempo, a nossa educação seria a melhor do mundo!!! São incontáveis os cases de sucesso promovidos pelos professores na rotina escolar. Valorizar os professores cuidando de sua saúde socioemocional para uma educação de qualidade, isto eu compartilho! A vocês professores, com os quais convivo diariamente, todo meu respeito e admiração.

Fonte: Professora Miriam Fernandes

COMPARTILHE

IMPRIMIR

   
  • Mais Notícias
  • Mais Lidas
  • Mais Educação

Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Todas as matérias poderão ser reproduzidas desde que citada a fonte.