Gazeta de Amambaí

Quinta-Feira, 12 de Julho de 2018 às 11:02

Gene ajuda plantas a resistirem a altas temperaturas

A descoberta pode resultar na alteração na membrana plasmática para deixar as plantas mais resistentes

Pesquisadores do Centro de Ciências de Recursos Sustentáveis do Instituto RIKEN, no Japão, descobriram um gene presente nas plantas que as ajuda a sobreviver ao calor excessivo. O estudo foi publicado na revista Plant Cell e mostra que o gene recém-descoberto, chamado de o HIL1, impede a desestabilização das membranas dos cloroplastos, um processo que ocorre em temperaturas muito altas.

O principal autor do estudo, Yasuhiro Higashi, explica que as plantas possuem uma gordura nos cloroplastos que tem como principal função fazer a sua proteção. De acordo com ele, foi possível fazer a identificação do gene exato que controla esse processo, o que pode resultar em uma alteração na membrana plasmática para deixar as plantas mais resistentes ainda.

"Assumimos a hipótese de que a decomposição da gordura presente nos cloroplastos seria controlada por alguns genes não identificados que codificam as lipases localizadas nos cloroplastos e que são induzidos pelo stress térmico", conta.

Agora, o próximo passo é fazer essa identificação nas principais culturas alimentares do mundo todo, como soja, arroz, tomate e milho. Para Hihashi, o principal objetivo é desenvolver plantas mais resistente para conseguir evitar que a população mundial não tenha alimento devido ao aquecimento global.

“Estamos interessados em descobrir a função dos genes homólogos de HIL1 nas principais espécies de culturas. Esperamos que nosso conhecimento sobre o HIL1 possa ajudar no desenvolvimento de novas variedades de plantas que toleram o estresse térmico, o que pode ajudar a melhorar o rendimento das culturas em ambientes quentes”, finaliza.  

Fonte: Agrolink
Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Notícia impressa em 26/09/2018 00:23:20 através da url: http://agazetanews.com.br/imprimir/136278