Gazeta de Amambaí

Terça-Feira, 13 de Fevereiro de 2018 às 09:02

Vendas de hidratado batem recorde

Número de unidades produtoras, por outro lado, é mais baixo que na safra anterior

A moagem de cana-de-açúcar na região Centro-Sul atingiu 407,42 mil toneladas na segunda metade de Janeiro de 2018. O volume foi praticamente todo processado em unidades do Mato Grosso do Sul, segundo dados da União das Indústrias de Cana-de-Açúcar (Unica). No período, a produção de açúcar não foi significativa (4,42 mil toneladas), enquanto que volume fabricado de etanol foi de 67,46 milhões de litros. Antonio de Padua Rodrigues, diretor-técnico da Unica, afirma que “quase 60% desse volume corresponde à produção de etanol a partir do milho, que tem apresentado intensa expansão ao longo da atual safra”.

Nos últimos 15 dias de Janeiro, a produção de etanol chegou a 39,20 milhões de litros com quase todo esse volume sendo biocombustível hidratado (37,52 milhões de litros). Já no acumulado desde o início da safra atual, o volume do renovável fabricado a partir de milho chegou a 391,85 milhões de litros, que é cerca de 130% a mais que igual período da safra anterior.

No início de fevereiro, seis unidades ainda estavam processando cana no Centro-Sul. Na comparação com a safra passada, o número era de 11 empresas em atividade na região. No acumulado da safra 2017/2018, a moagem chegou a 583,96 milhões de toneladas, uma queda de 1,66% sobre a safra anterior. Dessa quantidade, 53,10% foi destinada à produção de etanol que chegou a 25,33 bilhões de litros. Já a produção acumulada de açúcar chegou a 35,83 milhões de toneladas.

A comercialização de etanol hidratado no mercado interno pelas unidades da região foram fortes em Janeiro e atingiram o volume recorde de 1,36 bilhão de litros, representando crescimento de 51,77% sobre o mesmo período de 2017. Deste volume, 705,47 milhões de litros foram comercializados nos 15 dias finais do mês. “Esse volume etanol hidratado em janeiro representa a substituição de cerca de 1 bilhão de litros de gasolina no mercado doméstico”, destaca Antonio de Padua.

O volume mensal comercializado de etanol anidro chegou em Janeiro a 763,87 milhões de litros, sendo que 399,20 milhões de litros vendidos na segunda quinzena do mês. De abril de 2017 até Janeiro de 2018, as vendas de etanol das mesmas unidades totalizaram 22,22 bilhões de litros, com 1,36 bilhão de litros direcionados para exportação e 20,87 bilhões de litros ao mercado doméstico. Domesticamente, o volume acumulado de etanol hidratado comercializado (12,92 bilhões de litros) supera em 3,94% registrado no mesmo período da safra passada.

Fonte: Agrolink
Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Notícia impressa em 24/05/2018 06:32:23 através da url: http://agazetanews.com.br/imprimir/131474