Gazeta de Amambaí

Quinta-Feira, 12 de Outubro de 2017 às 08:02

Abertas inscrições para o Prêmio BNDES de Boas Práticas para Sistemas Agrícolas Tradicionais

Estão abertas até 12 de dezembro de 2017 as inscrições do Prêmio BNDES de Boas Práticas para Sistemas Agrícolas Tradicionais - Prêmio BNDES SAT. A iniciativa, realizada em parceria com a Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária-Embrapa, o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (IPHAN) e a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), irá contribuir para que as práticas de agricultura tradicional do Brasil concorram, pela primeira vez, a um importante reconhecimento internacional.

Um Sistema Agrícola Tradicional é definido como um conjunto de elementos que inclui saberes, mitos, formas de organização social, práticas, produtos, técnicas/artefatos e outras manifestações associadas. Eles formam sistemas culturais que envolvem espaços, práticas alimentares e agroecossistemas manejados por povos e comunidades tradicionais e por agricultores familiares. Os SATs integram o patrimônio cultural imaterial das comunidades que os praticam.

Para essa iniciativa, o BNDES disponibilizará recursos de seu Fundo Social para dar prêmios de R$ 70 mil a 5 SATs, e R$ 50 mil a outros 10 SATs. Além disso, todos os premiados receberão uma ajuda de R$ 5 mil para participar cerimônia de premiação, que contará com um evento de capacitação na Embrapa, para ajudar as comunidades a manter suas tradições agrícolas.

Para João Roberto Correia, pesquisa dor do Departamento de Transferência de Tecnologia da Embrapa “é muito importante reconhecer o papel dos sistemas agrícolas tradicionais, pois eles ensejam uma visão sistêmica da agricultura por contemplar aspectos relacionados à segurança alimentar, conservação da agrobiodiversidade, alternativas energéticas, serviços ambientais, cultura e tradição”. Ele explica que a valorização e reconhecimento dos Sistemas Agrícolas Tradicionais reforçam a melhoria da qualidade de vida no meio rural com sustentabilidade.

Além dos prêmios em dinheiro, os vencedores receberão capacitação da Embrapa e orientação para se candidatarem ao título de “Sistema Agrícola Tradicional Globalmente Importante” (Globally Important Agricultural Heritage System, GIAHS).

A FAO já concedeu o título de GIAHS a 36 sistemas agrícolas de 17 países, mas o Brasil ainda não foi contemplado. Os países que já têm GIAHS são Chile, Peru, México, Argélia, Irã, Marrocos, Tunísia, Emirados Árabes Unidos, Egito, Quênia, Tanzânia, Filipinas, China, Bangladesh, Índia, Japão e Coreia do Sul.

Poderão se candidatar para concorrer ao Prêmio BNDES SAT instituições de direito privado, sem fins lucrativos, com existência mínima de 02 (dois) anos, contados na data de publicação do Edital (13/09/2017), a ser comprovada por meio do registro dos seus atos constitutivos no órgão competente.

Clique aqui para obter mais informações.

Fonte: Embrapa
Copyright © A Gazeta News.
Todos os Direitos Reservados.
Notícia impressa em 20/10/2017 05:02:43 através da url: http://agazetanews.com.br/imprimir/127534